Conheça 4 dicas práticas para manutenção das Cabeceiras e Cortinas da sua frota.

A manutenção de veículos deve ser um dos primeiros passos tomados a fim de evitar eventuais prejuízos ou acidentes. Trata-se mais do que um cuidado com sua frota, é uma medida estratégica, já que, com a manutenção preventiva dos veículos, é possível identificar de forma antecipada quais são os possíveis problemas que podem resultar em um futuro transtorno.

1- Comprei Jogos de Cabeceiras e Cortinas para meus carros, E agora? Como mantê-las sempre bonitas?

As Cabeceiras que fabricamos tem uma durabilidade média de 3 a 5 anos, que vão depender da frequência de uso, da forma como são tiradas e colocadas e tomados os devidos cuidados de lavagem e conservação.

Temos alguns depoimentos de clientes que dizem não ter controle sobre as peças depois que vão se misturando conforme as lavagens e no momento de colocar as peças nos bancos acabam ficando tortas, mal colocadas, com modelos diferentes ou até mesmo viradas de trás pra frente. Isso não só prejudica o visual geral do carro mas também pode danificar as peças que possuem uma elasticidade limitada causando deformações posteriores.

2- Produtos de qualidade, por que investir?

Uma questão muito importante quando falamos sobre custo x benefício tem conexão direta com a qualidade do produto adquirido. Fique sempre atendo se a empresa fornece garantia contra defeitos de fabricação e sempre tire todas as dúvidas antes de fechar o pedido para evitar devoluções e gastos com retrabalho.

Aqui na Grifebus trabalhamos com o tecido para cortinas homologado, o mesmo tecido que as montadoras utilizam, com tratamento retardante de chamas e proteção UV. Sabemos que o sol é o inimigo número 1 das cortinas e que sem o tratamento adequado, tem um ciclo de vida de menos de 6 meses! Compre direto da fábrica, com o melhor custo x benefício e invista em qualidade e segurança para seu passageiro.

3- Treine sua equipe de manutenção

Para empresas que possuem sua própria equipe de manutenção, o monitoramento e acompanhamento é primordial para prevenção de gastos e bom trabalho. É sempre importante manter essa equipe bem capacitada e atualizada em relação a manutenção de sua frota.

Como colocar suas cabeceiras:

Uma lista passo a passo de manutenção pode auxiliar de forma considerável o trabalho de sua equipe, Ajudando a entender melhor o cronograma que deve ser seguido para validar a qualidade do veículo antes de sua próxima jornada, além é claro de detectar o momento certo para eventuais reposições ou substituições. Passos simples como organizar os jogos de cabeceiras com o número ou código do veículo para não misturar no momento da colocação, verificação de passadores e cordinha, verificação de fechos ou costura dos velcros ,entre outros quesitos a se considerar devem ser incluídos nessa lista.

4- Manter estoque ou comprar quando necessário?

É necessário considerar o melhor formato para aquisição de peças e materiais, se isso deve ser feito apenas quando existe real necessidade, ou manter um estoque.

Em casos em que se mantém um estoque de peças e materiais, a possibilidade de conseguir negociar descontos por volume com o fornecedor aumenta, além claro, que ter essas peças ou materiais a disposição imediata, reduz o tempo em que o veículo fica parado em manutenção.

Já nos casos em que se comprar apenas quando necessários, não existirá o custo de manter o estoque ou fazer reposição do mesmo, porém aumenta o tempo em que o veículo ficará ocioso à espera da chegada do item necessário para a manutenção.

Cabe ao gestor avaliar qual a melhor medida a ser adotada para aplicar em sua rotina. Isso também depende da disponibilidade de capital que a empresa possui para investir em seu estoque ou permitir que os veículos fiquem parados durante a manutenção.

Gostou de receber essas dicas? Compartilhe com seus amigos e funcionários, e deixe um comentário e de sugestões sobre o conteúdo que acabou de ler e dicas que gostaria de receber.

Grifebus, a grife do seu ônibus!

Veja também

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat